Live History-Theater. Capitolo duo + Álbum atualização


Yaaaaa~eu pensei que não teria tempo para dar continuidade a este relato...
 Pra mim o Theater foi um dos melhores lives até agora, não só pelo seu teor que diferencia-se do comum, mas por que ele mistura muitas influências! Eu o vejo como uma pintura, uma bela obra de arte, claro que todos os lives se tem uma ensaio de vários dias tanto dos mc's como das demais partes e se formos pensar neste quesito as coisas deveriam sair bem automáticas... no entanto não é bem isso que se sucede... Eu vou tentar dar uma encurtada pois perdurar aqui irá estender bastante os quesitos que eu admiro na Nana-san e em sua equipe.
No ultimo relato ela nos explicou um pouco do que se tratava o tearo. Eu não fiquei nem um pouco chateada ou desapontada em questão da Nana-san ter "contido-se" bastante a interpretações até por que ela o fez de forma esplendida. Falando de forma "Sah" de ver as coisas, o theater tem cores incríveis, a set list é uma pincelada bem dada a parte pois os capítulos são muito bem compostos. todos os temas se encaixam e ao menos no meu caso, a Nana-san conseguiu com muito exito  me jogar pra dentro do cenário vivo e brilhar pra mim.
Bom já estou estendendo, vamos ao que interessa!

Atualização:(Pessoal estamos com um probleminha no blog, meio que o capitolo uno simplesmente não aparece T^T, mas cá está o link:
live history theater capitolo uno. )

Capitolo Duo

Panorama
Panorama pra mim merece o ponto de surpresa! Alias faziam um tempinho que não o escutava... Bom o instrumental natural de estúdio de panorama é muito forte e impactante! Nesta versão ficou com uma extrema delicadeza! Mesmo que pareça sem sentido pode lembrar também uma melodia Havaiana. De certeza que esta foi justamente a intensão da Nana. Mostrar como Panorama é bom também de uma forma suave.
De início a introdução  te  antecipa e mostra como vai ser o clima da música, visualmente falando (da Nana) eu não posso deixar de elogiar a staff que faz as vestimentas dela. Infelizmente tem-se seus exageros mas em geral são incríveis (alias pelo que eu vi o Adventure também promete muito neste outro quesito ) para entender a grandeza do Theater é preciso entender também a "sensibilidade" de todos. Não só a da Nana-chan em suas atuações e na forma maravilhosa de exprimir vocal mas dos outros também. Como eu disse no início o Tom-kun merece um ponto extra por envolver tudo de forma sutil, o kadoki deixou as coisas tão alegres e leves em lovely fruits que é de se admirar.. O kenny  na jangada (ou "gôndola"como a Nana chamou) também e o itaru nem temos como falar. Voltando a idéia das vestimentas tudo combinou tão bem que mal lembramos do trabalho dos demais.
Voltando ao que interessa desta vez o Itaru fez as honras, a introdução bem delicada de início e depois agitada junto da percussão  e os atores mascarados que apareceram no palco.
Alias o nosso Lider  finalmente deu as caras!  Ryu-tan yokoso! Elegante que só!
Desta vez com um contrabaixo. 

(yeeeeeeeeeeeey  yokoso Hime-sama *////////////////*  alias eu prefiro ela sem esse chapéu, quando o movie foi apresentado e vimos este visual acredito de verdade que ficou muito melhor sem mas enfim.)
(Mais uma vez temos as atuações da Nana, olhando assustada para os homens mascarados, meio "perdida" no cenário...)
(Eu ia fazer um comentário mas ia ficar realmente gay! E isso não é legal para a minha pessoa hétero, só digo coloquem no google "mizuki nana kin'niku" [em kanji claro],  como uma mulher consegue ser tão delicada e ao mesmo tempo tão forte? Não digo só as pernas, na pesquisa em imagens que eu fiz com o dado título eu me assustei com os braços dela! Uma porrada e é morte!)


Shuumatsu No Love Song

Eu não posso dizer a vocês que é uma versão a qual eu me viciei como outras apresentadas neste mesmo live! No Entanto é o tipo de versão que tem seu momento. Shuumatsu tem uma força enorme, é tão empolgante e vivo que nem dá pra explicar. Ele representa a Nana em muitos quesitos e sendo bem exagerada parece um furacão caloroso que te leva aos ares e ao mesmo tempo te abraça forte. 
Esta versão foi muito "suavizada" por isso está mais para aquele esboço diferente que o artista faz para dar uma visão diferenciada e "não muito oficial" a um personagem.
De qualquer forma seguiu muito bem a linha e o "clima" de panorama.
Não ficou de todo "morno", o acordeão de uma levantada na coisa e tal. Essa foi com certeza um tema baseado no acordeão, no sentido instrumental claro. Para tentar resumir este pensamento shuumatsu foi "enxugado" manteve o ritmo só que com um instrumental mas "cru"

Pensando bem talvez essa idéia de "quebrar" panorama e shuumatsu em questão instrumental forte pode ter sido um apoio para o vocal. É impossível não notar que a voz da Nana ficou incrivelmente forte e sólida como se andasse bem independente ali.

(Essas expressões são o que mais matam <3  Alias foi muita judiação com a minha pessoa esse capitulo em si! Ela dramatizou total e nisso cantou grave e pouco "rouca" por assim dizer... Pra mim que me derreto quando ela fala ou canta grave foi pura maldade!)

(- Todoku made! - waaaa não que o itaru tenha uma ótima voz mas nessa ela mitou.)


Scarlet Kninght

(Neste momento a pessoa que vos fala perde  todos os modos e surta, sim agora a coisa fica séria., prometo me esforçar e conter o meu péssimo hábito de xingar nesses momentos )

Terminado shuumatsu a Nana sai da "gôndola" (alias eu esqueci de falar isso...) e um coral gospel começa a cantar... É ai que a porra fica séria... um coral gospel! Eles fazem a introdução, e neste momento a Nana-san estava no outro lado do palco e as luzes se apagam do lado dela e fixam no coral que está a cima... 






(vocês não fazem idéia de como mesmo vendo pela quinta vez [fora as 85732878239682 vezes que toca no meu celular, sim eu converti na cara dura me julguem! alias eu  só não passo em mp3 as demais músicas por que parte delas não foram convertidas por mim mas sim por amigos mexicanos...] essa música me  faz arrepiar)




Michibiite boku wo…"endless light!"

Meu Santo Deus acuda-me!   Cá está ela. Com um vestido vermelho, alias ela se trocou muito rápido!  lembro-me de ter visto em alguns makings que assim que ela descia o pessoal esperava ela com uma cadeira de rodas e corria pakas pra leva-la a se trocar... deve ter tido dessas também.
Sem instrumental nem nada! Lá estava somente com o apoio do coro. Eu realmente não sei se vou conseguir relatar isso direito ao menos esse tema.
Na ultima postagem eu coloquei um ponto de atenção em trinity cross em questão de alguns pensamentos e alusões minhas e Scarlet Kninght fortifica ela...
Eu sou declarada apaixonada pela nana (no bom sentido né gente) mas também por uma personagem medieval... Algumas vezes a Nana-chan falou que gosta realmente da frança! Até chegou a ir e passar alguns dias junto de sua mãe. E mais uma coisinha.... Eu gostaria que vissem a capa de Scarlet Kninght...


Olhem bem pro quadro acima dela... Se você é um amante de história já entendeu em quem eu quero chegar... É bem pouco provável que seja isso mas muitos elementos desde ela na igreja e ajoelhada e agora o cavaleiro escarlate me fazem relação direta a Jehanne D'arc, a donzela de Orleans
Ela disse que pegou histórias do mundo inteiro  e quis exprimi-las através de suas músicas... Sendo assim a mais visível  e notável pra mim com certeza é da mocinha cavaleiro <3 

(alias tem uma porrada de Jehanne's espalhadas por animes por ai, nobunaga the foll, makai ouji, shingeki no bahamut,  (e a mais linda) fate zero [apocrypha em light novel e gran order em jogo] bem que a visão da equipe que cuida das dublagens da Nana podia mudar, [alias nada contra mas bem que ela podia ter pegado a de fate u3u falo mesmo] ao invés de continuar a sustentar muito animes considerados de enredo fraco com suas músicas, a Nana-chan bem merece um personagem a altura dela, e de verdade? Se ela chegar a dublar alguma Joana que seja a minha hemorragia nasal vai chegar daqui até a casa dela.) 

Bom  aspectos a parte vamos em frente.


Como a própria Nana teve a bondade... Peguem ai seus lindos:



(só pra título da curiosidade: A pessoa que estava ownando junto com a Nana no "zutto...."  e "Kimochi..." é esposa do Itaruvic, mais a frente no mc ela nos conta isso.
Eu não posso deixar de dizer que esta com certeza foi a grande âncora do live. Com certeza todos estão acostumados com o ritmo normal de scarlet kninght, e as vezes isso se torna uma bagunça, alguns lives mostram isso, mesmo sempre solene Scarlet Kninght precisava ser apreciado em detalhes. Como a voz da Nana é colocada nele, como a própria letra é cantada que afinal em algumas versões se você só escuta sem ler de primeiro ato não sabe bem o que ela diz.
Honrou de mais o compromisso de um Live acústico. 

Tirem suas  conclusões por que se eu continuar aqui vão sair mais 278592659275 prints e mais 2495878924657485698234572396 linhas fangirls.

MC

Cá estão os fundamentos! ela sintetiza bastante (do jeitinho mimoso dela) o que é o theater e esclarece mais as coisas.
Ela diz que o acústico é simples e não conta com muita coisa "elétrica" por assim dizer como guitarras e etc.
Por isso  a coisa é bem crua como o instrumento e a colaboração de voz por que não uma música só de voz? É assim que vem Scarlet Kninght
Lembrando a vocês que infelizmente eu não sou formada estou no nível "entendo alguma coisa" de japonês. Se algo sair muito fora do que ela disse quem tiver a oportunidade de ver o live por favor corrija.



Bom A Nana diz que sobre os penlights (aquele bastãozinho colorido que a gente nunca lembra o nome e serva pra você pular com ele pakas e ir ritmando dando "energia" para ela, como a mesma diz.) que enquanto estava sobre a jangada (gôndola) o azul dos bastõezinhos fizeram como se ela se sentisse navegando em  Veneza (mesmo que nunca tenha ido para lá e não sabe se gosta disso )








Ela comentou como o pai dela queria um barco também...
 Isso realmente me deixou em duvida  se ela disse que o pai queria ou se já teve.  eu me recordo que no Shin Ai ela disse que o pai comprou um barco  (uma das coisas que ajudou  e contribuiu com as dívidas de sua família que já não tinha boa condição financeira) Só que um tempo depois teve que vende-lo  outra coisa que eu gostaria de entender e não consegui foi que ela falou sobre a mãe também e riu, não sei se foi algo relacionado (são só palpites visto que eu realmente não entendi) a mãe ter vendido ou algo do tipo ela fala naisho que eu pelo menos entendo como segredo, e kateni que eu entendo como ganhar, pode ser também algo relacionado a apostas mas não afirmo nada pois me falta entendimento. (alias falando de mamãe a algum tempo eu li que ela postou algo no blog... Era sobre ter saído com sua mãe e disse que realmente sua mãe não aparentava a idade que tinha... e chamou ela de mamãe loli por conta de um vestido que ela colocou :v  




Ela nos contou que a lider do coral gospel era a eri-san (elisa) e que era esposa do Itaruvic. Também comentou como o amor unia as pessoas a fim de fazer teatro.
disse também que foi a elisa-san quem fez o coro de eden... De princípio eu pensei que ela estivesse falando do dia anterior do theatre mas entendi que foi o do próprio estúdio.
ela imitou assim: "sore wa.. fu fu!"
Esse "fu fu" como segunda voz eu não sei como não me matei de rir pelo jeito que ela fez -q (alias parece que ela agradeceu o "fu fu depois-qq)
Não sei se entendi direito mas ela disse que no decorrer de sua "viagem"  a Donzela Nana conheceu muita gente como o obachi (se não me engano percussão) o shionii (apelido que ela dá para o acordeonista).
.
Pergunta se estamos acompanhando a ange (ela fala como se fosse mãe da ange -qq)... Alguns amigos que foram no primeiro dia disseram que ela perguntava se estávamos acompanhando e dava uns "spooilers" do capítulo que ia sair acho que no mesmo dia só que sem estragar... É mais do que óbvio que era o ep que a Ange pega o Tusk (sim por que Ela pega ele -qqqqqqqq) 
Desta vez perguntou o que achamos, se foi interessante (ai não se sabe se ela fala de Cross ange em si ou do episódio -.-")


Neste momento ela parece interpretar dois de seus personagens, ange e ricotta, ela o faz e o pessoal pede mais.


(wasxhuashuashdauhdasud ela se empolga!)

Um sino toca e ela percebe que foi longe de mais e tem que voltar para o monologo ashuashduaidsdfhasifdhua XD

Necessary
Ca está um tema curioso... Eu sempre gostei de necessary até por que eu não consigo "enxergar" as músicas da Nana-chan como "músicas de anime". Tem um pessoal ai que realmente vira o nariz para Necessary por um motivo mais do que besta: Ange X Tusk.
É o tema dos dois sendo assim se a pessoa shippa Ange X Hilda por exemplo não gosta. E exemplo pior... Tem gente que não vai com a cara do Miyano Mamoru também, pela apresentação no anisama acham que ele esta tentando algo, pior gente achando que ele quer alguma coisa com a Nana (gente o mamo é casado menos vai) sendo que a relação dele aquela coisa bem "senpai" como vários outros seiyuus a respeitam.
Sendo bem sincera eu não concordo com isso. Não sou "fã" do miyano para defende-lo até por que quando o cara se aproveita eu realmente falo. (e exagero, caso do senhor Takanori... Não é por mal só que como cantor ele vale, como pessoa é muito duas caras.)
Enfim Necessary caiu muito bem na altura da noite...  O Tom-kun estava atrás no piano (cara essa noite foi muito dele sério!) o aneki e kadoki se encontravam atrás dela sentados dum lado e no outro não consegui reconhecer quem,a  parte de trás estava bem escura e não deu pra ver direito.



 Como foi bonito de ouvir aquilo.  O Kadoki  deixou as coisas bem suaves...Ficou mais delicado e suave que o original... Fora que eles tiveram a maior sutileza em substituir algumas notas fortes, enérgicas e meio "tragicas" da guitarra transpassando para a viola.

Shin Ai
Waaaaa~Se você não gosta de Shin Ai tem algum  problema! Fazia tempinho que eu não o ouvia por questão dos singles novos... Vir dessa forma no live foi lindo.
Tivemos a participação de Suara! a Nana introduziu após isso ela apareceu (alias não vou detalhar agora mas no final a Nana se atrapalhou em relação a ela -q)


Eu meio que estranhei o começo da Suara até por que  estou acostumada com a força do vocal da Nana... Mas depois de um tempo eu percebi a intenção ali.
A Voz da Suara é muito delicada, em algumas notas parecia um canário cantando (>////<) e acho que isso contrastou muito com a Nana.


Bom vou parando por aqui continuamos no próximo capitolo.




O Site oficial já está atualizando nomes dos novos tema do álbum...
Temos Never Let go, super man (masoq? -qqq o que será que ela anda tramando? nem vai ser um happy go round da vida né? ) e koi uta.

Infelizmente eu devo desculpas por continuar o resumo do theater só agora, lembrando que o que foi traduzido não está próximo do original por que  falta-me condições melhores u///////u
Por favor quem puder seguir a pg do facebook também nos agradecemos. Por lá podemos passar alguns detalhes extras fora que informações mais rápidas por exemplo os novos títulos passamos de manha e por aqui somente conseguimos agora.

0 Nana fãs comentaram:

Postar um comentário

Olá! Deixem seus comentários que eles serão divulgados no Blog após verificados! Não serão aceitos comentários com insultos ou divulgações de sites que não são de conteúdo Japonês e de classificação Livre.
Infelizmente a moderação teve que ser ativada por mal uso deste canal.
Aguardamos seu comentário.

Grato. Adm.